Ideias na mesa – uma iniciativa de crowdsourcing via internet

O Ideias na Mesa é uma plataforma colaborativa baseada em crowdsourcing. A palavra é a junção dos termos crowd, multidão, e outsourcing, terceirização, que juntos trazem ideia de consultar pessoas em geral – crowd – para apontar direções, solucionar problemas de forma criativa e trazer novas ideias, e não apenas funcionários de uma empresa ou especialistas – outsourcing. Outras empresas como Dell, FIAT, Gafisa, Starbucks e Pepsico já fizeram ações próprias com essa ideia de crowdsourcing.

Dessa forma, o Ideias na Mesa se constitui como uma plataforma única que ajudará empresas a conseguir ideias para seus produtos, serviços, preços, o que mais elas estiverem criando, ou até mesmo para o que criar.

Segundo informações dos idealizadores do projeto, as empresas ganham em:

  • Marketing – afinal, os desafios são feitos para gerar um buzz nas redes sociais dos clientes. E quem não gostaria de ver sua marca sendo viralizada no Facebook ou Twitter?
  • Inovação – os desafios geram uma inovação para as empresas; pode ser simples, como o nome de um produto, passando por roteiros de comerciais e até mesmo sugestões de programas de TV. Os usuários podem ser desafiados de infinitas formas.
  • Inteligência coletiva – são centenas de ideias geradas, aumentando as chances de uma excelente ideia surgir. É como diz o ditado: “duas cabeças pensam melhor que uma”. Imagine milhares. É uma forma barata de se ter milhares de consultores trabalhando em prol da inovação para a empresa.
  • Experiência com a marca – os clientes terem a chance de participar de uma decisão da empresa é uma ótima forma de ouvi-los, mudando sua forma de se relacionar com a empresa; o relacionamento se torna mais próximo, e por vezes mais afetivo.

 O público em geral, por sua vez, ganha pois pode opinar desde características dos produtos, passando pelo seu valor, o que deve ser acrescentado e o que deve ser retirado, entre muitas outras sugestões.

Como funciona?

No Ideias na Mesa, as empresas ou órgãos públicos propõem desafios que são resolvidos pelos usuários cadastrados no site www.ideiasnamesa.com. O cadastro é gratuito e exige apenas um endereço de e-mail.

A partir do cadastro, basta que os usuários esperem até que os desafios sejam lançados. Além de contatar os usuários cadastrados por e-mail, o Ideias na Mesa possui um blog que divulga os desafios – blog.ideiasnamesa.com.br, uma página no Facebook, na qual sempre será criado um aplicativo para cada desafio, facilitando a participação dos usuários que desejam dar ideias, e pode ser seguido no Twitter, @ideiasnamesa.

Ao enviar uma ideia, os usuários concordam que sua propriedade jurídica passa ser da empresa ou instituição que lançou o desafio. No final do desafio, a empresa escolhe as melhores entre as centenas de ideias sugeridas, as quais receberão prêmios em dinheiro. Serão recompensadas a ideia escolhida e também as mais votadas.

Já as empresas interessadas em lançar desafios devem contatar a equipe do Ideias na Mesa para que decidam como irão lançá-lo para o público, definindo seus detalhes e regras. Um exemplo de desafio pode ser, no caso do lançamento de um produto novo, a empresa pedir sugestões de nomes para tal produto. Neste caso, ela irá fornecer todos os dados deste produto, tais como público-alvo, características do material, tipo de uso, e com essas informações disponíveis os usuários darão as sugestões.

Os usuários serão encorajados a publicar suas ideias nas redes sociais, e através do aplicativo do Facebook, o público também poderá votar na ideia que julgar ser a melhor. Dessa forma, não apenas a empresa é promovida, como o produto que ainda nem foi lançado no mercado, e a empresa poderá ainda valer-se da ajuda dos consumidores para eleger a melhor ideia.

O primeiro desafio: ideias para SP

No primeiro desafio do Ideias na Mesa, lançado no dia 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, os moradores terão a oportunidade de contribuir com ideias para melhoria da cidade. O objetivo é que as melhores ideias sejam organizadas e virem um projeto de lei, que será encaminhado aos vereadores.

Não será necessário que os participantes criem o projeto em si, apenas a ideia principal. As ideias serão exibidas no Facebook, e serão avaliadas pelo número de votos (número de pessoas que “curtiram”) e por características como viabilidade, criatividade e preço de execução. Todos os que contribuírem com ideias serão co-autores do projeto.

As ideias serão recebidas por um prazo de três semanas a contar do lançamento (25/01/2012). Após esse período, o Ideias na Mesa, com a ajuda de um grupo de consultoria, irá analisar as mais promissoras para a elaboração do projeto de lei. As cinco melhores idéias serão contempladas com um prêmio simbólico em dinheiro.

Quer saber mais?

– Reportagem no Catraca Livre:

http://catracalivre.folha.uol.com.br/2012/02/ideias-na-mesa-e-fartura-de-conhecimento/

– InteligeMcia:

http://www.inteligemcia.com.br/60296/2012/02/01/nova-startup-de-crowdsourcing/

– E-mail: contato@ideiasnamesa.com.br

– Website: www.ideiasnamesa.com.br

– Blog: blog.ideiasnamesa.com.br

– Facebook: fb.com/ideiasnamesa

– Twitter: @ideiasnamesa

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>